Você já ouviu falar sobre o Imposto sobre Valor Agregado (IVA)? A criação desse novo imposto tem como objetivo a substituição e unificação dos impostos cobrados ao consumidor, incluindo o poderoso ICMS.

O imposto sobre valor agregado ou IVA é um tributo geral sobre consumo, no entanto, a adoção deste imposto ainda são apenas estudos. O IVA tem como principal objetivo a transparência dos produtos e serviços que são tributados, além da facilitação de todo o processo de tributação. A proposta é que o IVA substitua outros impostos atualmente em vigor, tanto federais quanto estaduais e até mesmo os municipais. Sendo assim, o IVA seria aplicado para tributar 400 mil itens de bens e serviços da economia brasileira.

Apesar de o debate sobre a reforma tributaria ser atual, a proposição do IVA não é nova e muito menos original dos legisladores brasileiros. O imposto é praticado há muitos anos pelo bloco da União Europeia pela facilidade da aplicação e recolhimento entre países. O projeto Brasileiro prevê que o mesmo possa acontecer em operações entre o Mercosul, pois países como a Argentina, Paraguai e Uruguai já possuem o IVA Nacional.

Como Funciona o IVA

O Sistema tributário do IVA aplica sobre bens e serviços um imposto geral sobre a compra, proporcionalmente ao preço oferecido. O valor agregado é o preço que um produto adquire desde o inicio de sua produção, ou quando relacionado a serviço, é o preço que da valor a determinado serviço.

Por exemplo: se um produto tem um preço de R$10,00 e um IVA de 10%, então o preço final para o consumidor será de R$ 11,00. Dessa forma o valor de R$1,00 é repassado para o governo em forma de tributo.

Imposto sobre Valor Agregado no Brasil

Para o Imposto sobre Valor Agregado possa ser implantado, os imposto de ICMS, IPI, IOS, Cofins, IOF, PIS/Pasep, entre outros, acabariam desaparecendo. Tratam-se de tributações federais e estaduais, em troca do IVA. Porém, durante muito tempo, os impostos seguiriam em vigor, a unica diferença é que as alíquotas do IVA se tornariam maiores, enquanto os demais perderiam poder de arrecadação.

O projeto de aplicação do IVA é constantemente debatido no governo federal, afinal o Brasil é o único pais do Mercosul que ainda não o possui. A facilidade com que se apura esse imposto é analisada para que assim possa melhorar a dinâmica de arrecadação, para facilitar investimentos e diminuir a sonegação fiscal.

Contudo, é necessário estar atento ás mudanças e estar comprometido ao seu negocio. Sendo assim, o sistema Odvix lhe auxilia a manter-se sempre atualizado quanto ao processo e as demais mudanças em debate, pois assim ao chegar a hora de rever processos e fazer ajustes, você esteja muito bem informado, sentindo-se capaz de tomar decisões adequadas quanto à empresa.

E você o que espera do Imposto sobre Valor Agregado? Comente!