Olá! Neste post falaremos sobre controle de estoque, nós da equipe Odvix preparamos dicas essenciais para facilitar e melhorar a sua gestão!

Quais benefícios traz a realização de uma gestão de estoque eficaz?

Para que a gestão de estoque da sua empresa seja eficiente, as demandas da empresa devem ser atendidas sem que ocorram excessos ou faltas por conta de mau planejamento.

Nesse processo, é importante saber o giro das mercadorias para evitar que determinados produtos fiquem parados por muito tempo ou não estejam disponíveis para algum evento de aumento de pedidos.

Mais que evitar perdas financeiras, os benefícios de uma gestão de estoque eficiente incluem:

  • Diminuição de gastos, já que a quantidade ideal de produtos evita estoque parado ou perda, que são grandes fontes de prejuízos;
  • Crescimento das vendas, pois um estoque atualizado e sem peças faltantes evita que oportunidades de conversão sejam perdidas;
  • Garante qualidade nos atendimentos e nas mercadorias, porque além de agilizar nos processos internos, evita perda ou dano no produto.

1º dica: Elimine produtos sem giro ou obsoletos

Liberar o estoque periodicamente é extremamente importante para o bom atendimento e logística.

Além de garantir o bom saneamento do estoque, esse cuidado evita que o seu depósito contenha produtos que não terão nenhum giro e não gerarão lucro.

A opção mais indicada, é criar promoções especiais, combos ou outras ações que incluam esses produtos defasados, que estimulem compras e ainda agreguem lucro aos produtos obsoletos.

2º dica: Contabilize o seu estoque minuciosamente

Essa é a melhor maneira de conhecer precisamente quais são os itens armazenados, quais as características do estoque de acordo com determinados períodos e o que precisa ser feito para melhorar sua organização.

A organização e identificação do estoque devem estar sob a responsabilidade de algum de seus colaboradores, para que seja feito conferências e registros diariamente do inventário.

Uma boa alternativa para essa questão é delegar as responsabilidades do inventário para a própria equipe do almoxarifado, para que seja cuidado de maneira rotativa.

3º dica: Organize os processos

Tudo o que entra e sai da empresa, deve estar registrado para que o empreendedor tenha diagnósticos mais efetivos sobre o produto, as vendas e também estabelecer estratégias futuras.

Outro ponto a ser destacado, é que um estoque organizado facilita lidar com produtos sem giro, por exemplo, favorecendo as vendas através de descontos, e também a controlar prazos de validade dependendo da categoria dos produtos.

4º dica: Classificação dos produtos

Após reunir todos os produtos que contém no seu estoque, é a hora de classificá-los. Existem alguns métodos que auxiliam na classificação. Um exemplo de classificação é a utilização do código SKU, que é um método simples e eficiente de controlar os produtos.

Alguns dados a utilizar na classificação dos produtos são:

  • Tamanho (P, M, G, GG etc.);
  • Cores;
  • Gênero;
  • Tipo;
  • Linha do produto;
  • Nome do item.

5º dica: Organize o espaço físico do seu estoque

Um estoque volumoso, porém, desorganizado é o maior inimigo da praticidade e agilidade no dia-a-dia do armazém. Para melhor uso de seu espaço busque utilizar prateleiras altas, abusando da verticalidade para se guardar os produtos. Além disso, separar a ordem dos produtos também é importante, deixar os produtos mais vendidos na frente para facilitar o acesso e os produtos com menor vazão mais para trás de forma a não interromper o fluxo de objetos e pessoas no espaço.

6º dica: Planeje a reposição de estoque com base na demanda atual

Estoque parado pode representar dinheiro perdido, portanto, o ideal é trabalhar para ter um estoque que se renove com frequência, sem perdas.

Por isso, será preciso planejar sua reposição não pela falta de um ou outro produto, mas pela demanda atual.

Sempre busque reforçar a reposição de produtos que mais estão saindo no período, este deve ser o seu foco. Fatores como a sazonalidade, necessidades de clientes podem fazer com a demanda varia de tempos em tempos e ficar ligado nisso é fundamental para não ter produtos parados no estoque.

7º dica: Treinamento da equipe, formando profissionais

Tenha mão de obra capacitada, é fundamental que a equipe responsável pela gestão de estoque, saiba como o estoque está organizado, separado e como fazer a manutenção desta ordenação, para que não seja necessário realizar um trabalho tão robusto futuramente.

Sendo assim, separar um tempo para realizar o treinamento da equipe é vital. Ensinar como usar a planilha ou o sistema de gestão do estoque usado na sua empresa é super importante.

8º dica: Opte por fornecedores ágeis e flexíveis

Uma gestão de estoque eficiente também depende dos fornecedores. Portanto, o ideal é que você escolha parceiros que sejam flexíveis e consigam repor rapidamente suas mercadorias. Dessa maneira, você aloca bem os seus recursos e evita que um produto de bastante saída esteja em falta. Isso é fundamental para aumentar os lucros e facilitar o controle dos produtos.

9º dica: Adote a utilização de métricas

Outra prática indispensável é a adoção de métricas. Elas ajudam a controlar o estoque e também fornecem informações valiosas sobre o desempenho dos negócios e sobre a conquista ou não dos resultados esperados, embasando os gestores na tomada de decisões mais acertadas sobre o assunto.

10º dica: Utilize um sistema para gestionar o seu estoque

Um sistema de gestão de estoque garante a automatização dos processos, melhora na comunicação e compartilhamento dos dados, maior segurança das informações, aumento da produtividade, redução de custos e desperdícios, redução de erros e suporte à gestão. O sistema Odvix conta com tudo isso e muito mais!

Para mais posts como esse e outras informações, acesse o nosso blog!