Empresas familiares é bastante comum no mundo todo e no Brasil. Portanto, você possivelmente já faz parte de alguma, ou irá fazer. Ou melhor ainda, você terá uma empresa familiar própria.

Esse modelo de negócio é uma faca de dois gumes. Pois, ao mesmo tempo em que se traduz uma boa forma de empreender e manter uma renda interessante, elas precisam de um cuidado maior, justamente, por serem geridas por pessoas que são da mesma família.

Nosso objetivo é apresentar os principais desafios da gestão de uma empresa familiar que você já deve conhecer e também dar dicas sobre como obter sucesso nesse modelo de gestão.

Quais as características de uma empresa familiar?

Uma empresa familiar não é composta somente por membros de uma mesma família. Logo, o quadro de colaboradores pode ser extensa, desde que familiares ocupem cargos de diretoria, ou até mesmo serem acionistas.

A hereditariedade, ou seja, quando uma empresa passa de geração por geração, é uma marca bastante forte nas empresas familiares que compõem o mercado.

Os desafios da gestão de uma empresa familiar

Saber separar o lado pessoal e profissional é um grande desafio entre parentes que compõem a mesma empresa. Nesse sentido, os interesses pessoais podem prevalecer e as decisões tomam um rumo que, muitas vezes, não seria a melhor escolha para o bem da empresa.

Um outro desafio na gestão de uma empresa familiar é estar aberto a mudanças. O costume de se seguir regras pode deixar condicionada uma pessoa em espécie de ciclo vicioso, gerando fortes resistências para mudanças de processos e rotinas.

Sem dúvidas, o erro mais comum em uma empresa familiar está relacionado às finanças. Ao invés de definir um salário mensal para aqueles que ocupam um cargo de gestão, é comum que eles façam retiradas para pagarem as contas pessoais. 

Com o tempo realizando essa prática, os números do balancete começam a ficar confusos e de difícil visualização da realidade do negócio. Esse é um dos problemas mais marcantes que conseguimos observar dentro das empresas familiares.

Com um caixa à disposição, é bem comum donos utilizar o dinheiro do negócio para arcar com os gastos pessoais. Muitas das vezes, eles o fazem com o intuito de repor posteriormente o valor retirado.

Dicas para a sua empresa ser um sucesso

Planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro é conhecer exatamente qual é a quantidade de dinheiro que entra e sai da empresa para, à partir disso, pensar em ações para uma melhor administração do seu negócio.

Dessa maneira, você conseguirá fazer uma análise mais estratégica e se planejar para ter um controle melhor do fluxo de dinheiro da sua empresa.

Utilize métricas para acompanhar a evolução

Acompanhar o crescimento da sua empresa familiar é muito importante, e as métricas são fundamentais para isso. Você precisa analisar de perto como andam as vendas, as finanças, as contratações, a satisfação do cliente, e assim por diante.

Capacitação de herdeiros

É necessário que haja uma preparação para que os herdeiros possam assumir a gestão da empresa. Habilidade gerencial é algo que se aprende estudando administração e, por mais que o talento natural tenha o seu valor, o fator genético não é o mais importante.

Para chegar à liderança, é importante que o herdeiro demonstre a sua capacidade técnica em todos os níveis operacionais e construa sua carreira na empresa. Assim, as chances de que ele desempenhe um papel promissor como líder serão muitos maiores.

Utilize a tecnologia para melhor gestão

Ter um software para facilitar o seu trabalho e otimizar o seu tempo não precisa ser um privilégio de somente grandes empresas, sabia?

Nós temos o software ideal e que conta com todas as soluções para a gestão da sua empresa, um sistema completo e com o preço mais acessível do Brasil! Para saber mais, acesse o nosso site e confira os nossos planos!

Gostou do post? Quer saber mais sobre assuntos relacionados a tributações e a gestão de empresas? Entre no nosso blog e descubra muito mais sobre esse e outros assuntos!