Quais as diferenças das notas fiscais de Entrada e Saída?

Quais as diferenças das notas fiscais de Entrada e Saída?

notas

A função da nota fiscal é registrar a transferência de uma mercadoria ou serviço entre empresas e clientes. As empresas estão cientes das obrigações sobre a emissão das notas fiscais ao venderem seus produtos. Porém, muitos esquecem que assim como as notas de vendas, notas de entradas ou de compras também precisam ser registradas e armazenadas.

Acompanhe a leitura a seguir para compreender a diferença entre notas de entradas e saídas, e entender qual a utilidade delas para a empresa.

NOTA FISCAL DE ENTRADA

A nota fiscal de entrada é um documento para a comprovação fiscal da movimentação de mercadorias recebidas, pois, toda mercadoria ou serviço que circula na empresa precisa de registro. A nossa legislação define alguns casos específicos para emissão de nota fiscal de entrada:

  • Devolução: o cliente, por algum motivo, precisa devolver o produto para o vendedor, e como o produto volta para o estoque, o cliente não pode emitir nota fiscal, então é de responsabilidade da empresa emitir a nota.
  • Transporte: neste caso, se enquadra quando a empresa compra um produto e assume a responsabilidade de retira-lo e transporta-lo;
  • Exposição: quando a mercadoria de uma exposição retorna para a empresa é necessário uma nota de entrada para o estoque novamente;
  • Leilão: quando a empresa adquire ou arremata um produto em leilão;
  • Nota fiscal não obrigatória: em casos que o vendedor não tenha a obrigação de emitir notas fiscais;
  • Retorno de industrialização: quando o produto é industrializado e passa pelas mãos de uma pessoa autônoma;
  • Importação: E em casos de produtos importados deve-se dar entrada, pois a nota fiscal estrangeira não possui valor em território nacional.

O processo da emissão das notas de entradas e saídas são bem similares. Sistemas de gestão facilitam a emissão das notas de entradas, como no sistema odvix onde você encontra emissão de notas facilitada e rápido acesso por meio do seu navegador de internet, em qualquer momento e em qualquer lugar. Em alguns casos, a emissão da nota é feito por meio da importação do XML. Isso acontece quando a empresa que forneceu o produto, emite a nota e você importa o XML para registrar a entrada do item.

NOTA FISCAL DE SAÍDA

A nota fiscal de saída é um documento de comprovação de tudo o que sai da empresa, ou seja, os produtos vendidos para os clientes. Normalmente, as notas fiscais de saída são emitidas com mais frequência pelas empresas que atuam no varejo. Documento como as notas fiscais de saída servem como comprovante de compras e ajudam a garantir os direitos dos consumidores, são também uteis em caso de devoluções de mercadorias.

As notas fiscais ajudam a reduzir a burocracia e o tempo necessário em comparação ao cupom fiscal. Sendo possível por ser emitidas de maneira eletrônica, afinal, é mais fácil armazenar arquivos XML digitalmente, do que um monte de papelada impressa. No entanto, é necessário lembrar que a nota fiscal dos produtos precisa ser emitida de maneira antecipada, pois a circulação de mercadorias sem a documentação ou registro é contra a legislação.

O preenchimento das notas de saída deve conter os dados completos do recebedor, e também devem identificar os seguintes campos:

  • Produtos da negociação: com quantidades, valores totais, impostos e Nomenclatura Comum no Mercosul (NCM);
  • Informações de entrega: com condições e valores de frete que pode ser CIF ou FOB — incluído ou não no custo da mercadoria. No caso de entrega, é preciso informar os dados do responsável pelo transporte
  • Classificação fiscal da operação: de acordo com o regime tributário da empresa e com a legislação pertinente ao ICMS e Substituição Tributária.

QUAIS AS VANTAGENS EM TER UM SISTEMA DE GESTÃO PARA EMITIR NOTAS FISCAIS?

Um bom planejamento, controle e analise de contas é de extrema importância para uma empresa, tornando-se uma tarefa super valorizada e almeja cuidado e atenção. Ao utilizar um sistema de gestão financeira a emissão de notas fiscais torna-se mais eficiente e se torna benéfico para a empresa, pois, esse trabalho é feito automaticamente e em poucos meses as organizações sentem a diferencia e se beneficiam do investimento realizado.

As vantagens de se usar um sistema de gestão para emitir notas fiscais:

  • Calculo de impostos automáticos;
  • Diminuição das horas de trabalho;
  • Preenchimento de dados rápido e automático;
  • Emissão e envio de arquivos XML facilitado;
  • Integração multi-empresarial;
  • Geração de relatórios para avaliação de dados (total de notas emitidas, total de notas canceladas, etc);

Temos também a minimização da possibilidade de falha humana, que é extremamente comum quando o processo é feito manualmente. Vale a pena lembrar que além do tempo dispensado para refazer a nota, ainda há um perda financeira, pois, cada nota tem seu valor e uma anulação resulta em um gasto.

Ligue agora para um de nossos atendentes para tirar suas duvidas sobre a emissão das notas fiscais, e conhecer o sistema de gestão do Odvix.

O que achou deste artigo? Deixe um comentário contando as suas opiniões, experiências ou duvidas em relação a Softwares de gestão de empresas!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *