eSocial finalmente chegou! Esclareça as suas dúvidas

eSocial finalmente chegou! Esclareça as suas dúvidas

esocial

eSocial finalmente chegou! Esclareça as suas dúvidas

O eSocial foi estabelecido em 2014, porém foi prorrogado diversas vezes desde que surgiu, devido as mudanças trabalhistas, fiscais e previdenciárias que ocorreram. A obrigatoriedade do eSocial teve início em janeiro de 2018 para empresas com faturamento anual superior a 78 milhões e para as demais a partir de julho. A burocracia enfrentada pelas empresas, foi o que impulsionou o governo a realizar essa mudança.

No artigo de hoje vamos apresentar o eSocial de uma forma compreensível, portanto fique com a gente e acompanhe a leitura!

Afinal o que é o eSocial ?

O eSocial é um projeto do SPED (sistema de Escrituração Pública Digital), que pretende simplificar a entrega das declarações, referentes as obrigações trabalhistas. Anteriormente entregues uma a uma gerando confusão e dificuldade. Além da folha de pagamento o eSocial engloba mais 14 itens. Assim todos são entregues de maneira única e ficam disponíveis online. Veja alguns dos itens presentes no eSocial:

Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)

Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP)

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)

Livro de Registro de Empregados (LRE)

Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)

Comunicação de Dispensa (CD)

Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)

Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF)

Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF)

Quadro de Horário de Trabalho (QHT)

Manual Normativo de Arquivos Digitais (MANAD)

Guia da Previdência Social (GPS)

Guia de Recolhimento do FGTS (GRF)

Quais os benefícios dessa mudança?

Com a mudança, ocorre a centralização das informações em uma guia única, portanto o empresário tem mais facilidade e rapidez ao formular a documentação. Assim também é possível evitar o envio duplicado de documentos o que acaba gerando  uma melhoria na gestão organizacional e maior segurança jurídica.

O processo inicial, onde as empresas precisam se adequar ao eSocial, parece trabalhoso. Com o tempo a tendência é que o processo fique cada vez mais simplificado. O eSocial colabora para uma maior transparência das informações, diminuindo os passivos fiscais, portanto reduz os níveis de riscos tributários. O armazenamento digital, garante uma redução de custos da empresa.

Além da inclusão de dados em tempo real, o eSocial permite a geração de guias de recolhimento do FGTS entre outros tributos. Além disso o RH, acaba tendo mais produtividade visto que o mesmo fará um processo mais simplificado.

E quais as mudanças para o RH?

Inicialmente essa mudança vai gerar dúvidas para quem exerce suas funções no setor de RH. A fase de adequação ao eSocial, vai precisar de treinamentos e estudos para que os colaboradores consigam utilizar o sistema corretamente.

Como resultado após a fase de adaptação o elo de confiança entre RH e demais colaboradores irá se fortalecer. Visto que a empresa deverá passar por processos de auditoria pelas autoridades tributárias. Assim os colaboradores ficam mais seguros em relação a possíveis abusos trabalhistas.

A utilização de meios tecnológicos no RH era relativamente baixa se comparada a outros setores. Com o eSocial o processo de fechamento de folha de pagamento se torna mais simples.É muito mais prático inserir dados em um sistema, ainda é possível  gerenciar férias, benefícios e controlar o ponto eletrônico.

As informações podem ser inseridas todos os dias, não somente em um dia especifico, evitando o acumulo de tarefas, portanto ocorre de acordo com a demanda. Ao enviar as informações a receita federal emite um protocolo de validação ao usuário.

Qual é o prazo para envio das informações?

Os prazos para envio das informações mudam de acordo com a atividade:

  • As admissões e demissões devem ser informadas no mesmo momento, assim o colaborador só poderá exercer suas funções após o envio de seus dados.
  • As mudanças de horário precisam ser informadas no mesmo momento.
  • O envio da folha de pagamento deve ser feito o dia 7 do mês seguinte.
  • Em caso de alterações salariais as informações devem ser repassadas até o dia seguinte.

Apesar das dúvidas iniciais, espera-se que os profissionais se acostumem com o eSocial de forma rápida e também percebam o quanto o mesmo irá auxiliá-los no processo de envio de declarações. Portanto é natural que no começo os colaboradores tenham  dificuldade. O contador da empresa pode auxiliar, o portal do eSocial também disponibiliza vários materiais de apoio.

Quer saber sobre assuntos fiscais, contábeis e que dizem respeito a sua empresa? O ODVIX tem conteúdos semanais que esclarecem suas duvidas! Portanto não fique de fora acesse agora mesmo https://odvix.com.br/

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *